Coentro: mais aroma, mais sabor

Coentros

Digam o que quiserem, mas para os amantes da culinária o coentro é tão importante como o álcool para os bêbados. Repleto de aroma e sabor, é uma erva com utilidade ilimitada, servindo como tempero de carnes e peixes, chás medicinais e até mesmo para adornar os pratos e torna-los mais requintados. Infelizmente em Portugal é um roubo a luz do dia, alcançando valores exorbitantes como 1,00 euro por 100 gramas, o que dá aproximadamente  1,13 dólares ou 4,42 reais! Como? Quando? Por quê? Não faço a menor ideia, desse modo optei pelos sacos de sementes que me permitem vários cultivos e custam o mesmo valor.

FICHA TÉCNICA

ORIGEM: mediterrâneo e médio oriente.
ESPÉCIE MAIS COMUM: coriandrum sativum.
NOMES MAIS COMUNS: coentro, cilandro, cilantro.
ALTURA: entre 40 a 60 cm de altura.
GERMINAÇÃO: de 7 a 21 dias.
MANUTENÇÃO: simples.
SUBSTRATO: bem drenado.
LOCALIZAÇÃO: pode ser cultivado em lugares ensolarado ou em sombra parcial.

COMO CUIDAR

Assim como a salsa o coentro não exige muitos cuidados, porém na minha pouca experiência concluí que é mais sensível do que a maioria das ervas, não suportando temperaturas extremas, especialmente calor e muita exposição solar, pois acreditem ficou totalmente queimado, coisa que não aconteceu com o restante das aromáticas.

PLANTIO

A temperatura ideal para cultivo do coentro é em torno de 27°C, porém em apartamento – meu caso – estufas e semelhantes é possível cultivar o ano inteiro independente do clima, contanto que esteja protegido de altas e baixas temperaturas. Entrementes se quiser acelerar a germinação nos meses mais frios pode deixar as sementes de molho em água de 1 a 3 dias. Mais uma vez em correspondência com a salsa o coentro pode ser cultivado em jardineiras, vasos e canteiros, desde que de forma definitiva, pois não é tolerante a transplantes. As sementes devem ser semeadas em até 1 cm de profundidade com espaçamento de 3 cm.

20151019_083406

Vale ressaltar que com temperaturas muito quentes, o coentro irá florescer e virar semente (fiquei muito chateada quando isso aconteceu), cabe a si, decidir o que fazer:
a) se pretende utilizar as sementes, deixe florescer, desse modo poderá utilizar as sementes na culinária.
b) a segunda opção é deixar as sementes caírem naturalmente para que sejam germinadas no futuro com as regas.
c) opção mais radical é cortar o coentro rente e esperar que novas folhas cresçam (adoptei esta).

LOCALIZAÇÃO

Mais uma vez a minha experiência (péssima) fez-me descobrir que o coentro gosta de sol/calor apenas em fase de germinação e para crescer, podendo ser mantido o restante do tempo em local ensolarado ou em sombra parcial já que as suas folhas são sensíveis e queimam facilmente.

REGA

Durante a fase de germinação pode pulverizar o solo com água para evitar o deslocamento das sementes, ou utilize um regador de criança como eu. É importante que nesta fase o solo se encontre sempre húmido, o que não se faz necessário quando a erva crescer. Embora necessite de água, o solo não deve ficar encharcado e as regas devem ser espaçadas para que o mesmo seque entre uma rega e outra. Lembrando que não se deve aguar por cima, para não queimar as folhas.

ADUBAÇÃO

Correndo o risco de ser repetitiva não sou a favor de adubar ervas, ainda assim se decidir, utilize um fertilizante de nitrogénio solúvel em água, mas tenha cuidado para não exagerar.

COLHEITA

Coentro semeado e crescido, quando colher? A colheita dá-se entre a 30 a 70 dias após a germinação, ou quando as hastes atingirem entre 10 a 15 cm. Deve ser feita apenas pelas folhas mais externas e mais altas, pois são as que se encontram em idade adulta, fortalecidas, evitando o seu enfraquecimento. Corte rente a raiz. Em principio crescerá novamente por dois a três ciclos.

PRAGAS E DOENÇAS

Por incrível que pareça o coentro foi uma das poucas ervas da minha horta que não foi vitimado por pragas e doenças, desse modo não posso falar acerca disso, recomendo apenas que retirem as plantas invasoras que se misturam a erva para evitar que roubem os nutrientes do solo.

Fonte

Hortas Info

Comentários