Pensa Bem

Por que partiste sem dizer, não sei.
Saíste, com a mala, de improviso.
Por que fiquei sem saber, não direi.
Mas uma coisa, meu amor, aviso:

Não me voltes sem paixão por mim nova,
Não ouses buscar-me sem objetivo.
Corres risco de levar grande sova;
Uns certeiros pontapés com motivo.

Tua vida interesseira seguiste.
Meu modesto destino abandonaste.
Nossos sonhos, planos e amor mataste.

Se porventura quiseres voltar,
Pensa bem, para não ficares triste:
Posso, até, ter deixado de te amar.

Comentários