Por Vania Staggemeier

Palavras do Coração

Assim tão belas e ternas…
Bailam agora em meu coração…
Que bate descompassada-mente…

E assim eu viajo alada…
Solto meus véus coloridos…
E perfumo a noite de luar…

Esperando você chegar…
E com duas taças de vinho…
Brindamos as palavras…

E este poema que nos…
Deixaram assim embriagados…

Vida

Vida por favor…
Não esconda de mim…
A essência do ser …
A pureza do amor…
A ternura do querer…
A magia do amar…
E a lagrima da dor…